Champanhe Floral: porque é Primavera

Perrier-Jouët lança a “Edição Floral Belle Époque de Makoto Azuma” no Japão, a primeira edição limitada desenvolvida da Belle Époque desde Emile Gallé em 1902

Um evento histórico para a champanharia Perrier-Jouët, em Tokyo, em Julho passado:  o  por lançamento internacional da Edição Floral Belle Époque Perrier-Jouët desenhado por  Makoto Azuma – a primeira edição limitada desenvolvida do vinho de base Belle Époque, desde a criação de suas anêmonas icônicas por Emile Gallé em 1902. O evento de lançamento aconteceu no Japão, porque o país  tem um relacionamento histórico intenso com a casa de luxo.

O artista floral Makoto Azuma, que está em São Paulo.

Criado pelo renomado artista floral japonês, Makoto Azuma, a Edição Floral Belle Époque é uma homenagem ao famoso projeto de “Art Nouveau” de Emile Gallé. Foi originariamente inspirado pela cultura artística japonesa e se tornou a imagem icônica da herança artística da Perrier-Jouët por meio de seu prestigioso vinho de base. Desafiando os limites estéticos, Makoto Azuma criou uma obra de arte combinada singular, feita de um único arabesco botânico delicado com anêmonas brancas japonesas espalhadas. Eles remontam ao projeto original de 1902, que mais adiante é reforçado com um motivo de flores douradas feito à mão na garrafa do Belle Époque 2004, cuidadosamente selecionado pelo mestre-adegueiro Hervé Deschamps.

Tudo pronto para o lançamento.

O artista explica:  “Eu quis fazer algo extraordinário, inspirando-me na sensação do champanhe dentro da boca e no movimento delicado da hera e das folhas com destaque especial e homenagem às anêmonas de Emile Gallé“.

A edição limitada exclusiva foi exibida como parte de um evento internacional exclusivíssimo com a participação de mais de 150 meios de comunicação e convidados VIP, no mais belo e tradicional jardim Happoen  no centro de Tóquio. Os convidados apreciaram uma exposição elegante e imaginativa, contando a história de Emile Gallé e Makoto Azuma de uma forma criativa e contemporânea.  Entre as estrelas presentes no evento estavam celebridades japonesas locais, como a atriz Miki Maya, a modelo Ai Tominaga, o produtor musical e músico Tomoyasu Hotei, bem como outros VIPs internacionais, incluindo a designer chinesa de alta-costura Wendy Yip, a designer de moda de Hong-Kong Dorian Ho, a socialite Kennis Tai e a atriz Isabel Leung.

A preparação do artista japonês Makoto Azuma veio como uma escolha natural para a Perrier-Jouët; Emile Gallé escolheu anêmonas brancas japonesas para seu projeto original em 1902 por causa de sua admiração pela botânica, mas também sua admiração pela arte japonesa que se inspira na força primordial da natureza, o verdadeiro espírito do movimento da “Art Nouveau”.

Lionel Breton, presidente e CEO da Martell Mumm Perrier-Jouët explicou:  “Makoto Azuma e a Perrier-Jouët compartilham os mesmos valores de tradição, a paixão pela natureza e a originalidade genuína, e estamos felizes por ter encontrado em M. Azuma o Emile Gallé dos tempos modernos por meio de sua criação única”.

Makoto Azuma está agora entre nós, no Brasil e apresenta exposição de suas instalações florais no Shopping Cidade Jardim (vide serviço abaixo).

Da escolha específica de flores à série infinita de ajustes e o motivo na garrafa em si, a Edição Floral Belle Époque expressa perfeitamente as marcas luxuosas e artesanais da Perrier-Jouët e, ao mesmo tempo, proporciona uma visão de beleza contemporânea.

A Edição Floral Belle Époque Perrier-Jouët estará disponível mundialmente apenas em quantidades limitadas a partir de setembro, nas lojas mais exclusivas nos principais mercados de distribuição da Perrier-Jouët por um valor médio de RSP de 300 euros. No Brasil, será oferecida na faixa de R$ 1.600,00 na Petrossian (Av. Magalhães de Castro, 12000, piso térreo, Shopping Cidade Jardim, 3552-7200).

Exposição Perrier-Jouët: Printemps Des Arts

Quando: 21 de setembro a 5 de outubro de 2012. Segunda a sábado, das 10:00 às 22:00; domingo, das 12:00 às 22:00

Onde: Shopping Cidade Jardim, Piso Térreo, Avenida Magalhães de Castro, 12.000. Entre as pontes Cidade Jardim e Morumbi, pela pista local da Marginal Pinheiros

Quanto: Entrada gratuita

 

 

0Shares