Cardápio de verão: aprenda a fazer em casa

Comida caseira está virando tendência. Uma das razões é o preço cobrado pelos restaurantes, sempre embutido de incontáveis impostos e tributos. A outra razão é que as pessoas estão começando a gostar de preparar as suas próprias refeições, sejam elas triviais do dia a dia, ou em ocasiões especiais para comemorar alguma data especial. Preparar a sua comida é conhecer os insumos e os ingredientes que irá manusear e é uma experiência única para pensar em todo o ciclo da alimentação.
A cozinheira Marlene Fukushima, do buffet Hanayori, realiza a 4ª edição da Oficina de Comida Caseira Japonesa com cardápio de verão, no dia 4 de fevereiro, das 8h às 14h. Os participantes vão aprender 6 receitas: hiyashi somen (macarrão somen frio), dois tipos de tempurá (berinjela e camarão), dois sabores de oniguiri (bolinho de arroz com nori recheado de ume e salmão), usuyaki (omelete japonesa picadinho), tsukemono de goya (conserva à moda de Okinawa) e de sobremesa mizuyookan de matcha (gelatina de chá verde).
Somen como prato principal. O macarrão fininho, feito com farinha de trigo, é mantido em água com gelo. Embebido em um molho à base de shoyu e outros condimentos, é o prato mais apropriado para os dias quentes. Foto: divulgação
Os japoneses preparam a comida conforme a estação do ano, pois trazem maior conforto ao corpo e os ingredientes são mais frescos e econômicos. No verão, privilegia-se os pratos mais refrescantes. No cardápio da Oficina, o prato principal será o hiyashi somen, que é servido gelado, e pode ser complementado com o tempurá e o usuyaki. “Embora seja uma fritura, o tempura é misturado ao molho gelado do somen, o que traz uma sensação refrescante”, afirma Marlene, que aprendeu a cozinhar com a  mãe, montou o próprio buffet especializado em comida caseira japonesa tem ensinado seus segredos e truques durante a oficina.
Quem não gosta? O tempura sequinho vira aqui um ótimo acompanhamento para o somen. Foto: divulgação

O tsukemomo (conserva) de goya é um prato típico de Okinawa. Conhecido por suas propriedades benéficas, os estudos mais recentes apontam que ajuda a combater diabetes, câncer e é um dos fatores para a longevidade do povo de Okinawa. O tsukemono preparado na Oficina utiliza técnicas de preparo que amenizam o amargor do goya.

Muito apreciado em Okinawa, o goya é uma espécie de pepino, com um amargor característico. Você vai se surpreender com este legume (ou são frutos?) Foto: divulgação
Todos são convidados para colocar a mão na massa para preparar os pratos. Mesmo quem não tem experiência pode participar.
E por falar em mão na massa, o oniguiri é a perfeita experiência mão na massa. Mão no arroz, aliás. Foto: divulgação
Ao final, é realizado um almoço de confraternização para degustar os pratos preparados durante a Oficina. A melhor parte !!
Cardápio de verão
• Hyashi somen (macarrão somen frio)
• 2 tipos de tempurá (berinjela e camarão)
• Oniguiri (ume e salmão salgado)
• Usuyaki (omelete japonesa picadinho)
•Tsukemono de goya (conserva à moda de Okinawa)
• Sobremesa mizuyookan de matcha (gelatina de chá verde)
*cardápio sujeito a alterações

A professora Marlene Fukushima convida vocês para conhecerem o cardápio especial de verão. Foto: divulgação

Serviço
4 de fevereiro, das 8h às 14h
Rua 1º de Janeiro, 53 – Vila Clementino (ao lado do metrô Santa Cruz)
Valor: R$ 290 (inclui apostila de receitas, ingredientes e almoço)
Inscrições: cursos@kaminaricomunicacao.com.br

Whats App: 11-97130-3335
0Shares