Teatro Nô: o palco, os atores, as máscaras

O teatro Nô é uma manifestação cheia de símbolos e códigos. Para apreciar melhor uma peça de Nô, observe algumas configurações.

 

O Palco

O Nô e o Kyoguen se desenrolam sobre o No-butai, ou literalmente, palco Nô, que tem características muito próprias. No Japão, ele se parece um com santuário, com três lados abertos em torno do palco principal chamado hon-butai, um quadrado de aproximadamente 6 metros em cada lado. Há quatro pilares de madeira, chamados de metsuke-bashira, importante referência visual para o ator se posicionar no palco. O fundo do palco é chamado de Kagami-Ita, ou placa-espelho, onde é pintado um antigo pinheiro. Músicos e o coro se sentam ao fundo e à direita do palco. No lado oposto, o Hashi-gakari, é uma ponte por onde os personagens entram e saem, e é também um importante espaço cênico. Ao fundo da ponte fica o Ague-maku, uma cortina colorida. Sem visão do público, o Kagami-no-Ma, ou sala do espelho é um espaço importante onde os artistas, já vestidos e prontos para entrar em cena, fazem sua última concentração.

Configuração básica do Teatro Nô.
Configuração básica do Teatro Nô.

O palco é feito de madeira lisa, sobre o qual os atores deslizam. Trata-se de um movimento chamado de Suri-ashi.

O palco do Teatro Nacional de Nô, em Tokyo
O palco do Teatro Nacional de Nô, em Tokyo

 

Os atores

Há quatro categorias de atores no teatro Nô e Kyoguen: o shite (ator principal), o waki (ator coadjuvante), o hayashi (músico), e o ator kyoguen. O shite é o único ator que atua com máscara, e desempenha vários papéis. Podem ser guerreiros, os espíritos destes guerreiros, mulheres, deuses ou demônios.

O ator waki apoia o shite, e não usa máscara. Podem fazer o papel de sacerdotes, monges, ou um samurai, mas sempre são personagens reais, que vivem.

Já a orquestra de nô (hayashi) é formada de quatro instrumentos musicais: tamboril pequeno

(kotsuzumi), de som grave, que contrasta com o tamboril grande (otsuzumi ou okawa), de som

agudo e quase metálico, uma flauta de bambu (nôkan) e um tambor de baquetas (taiko). E o coro (jiutai) é composto de seis a dez elementos.

O ator principal, shite, aqui interpretando um personagem feminino.
O ator principal, shite, aqui interpretando um personagem feminino.

tsuchigumo_01

 

 

O ator principal ao centro, a orquestra atrás, e o coro fundamental (jiutai), à direita.
O ator principal ao centro, a orquestra atrás, e o coro fundamental (jiutai), à direita.

As máscaras

O teatro Nô é conhecido também como o Teatro de Máscara, tamanha a importância deste adereço em seu universo cênico. As máscaras do teatro Nô foram criadas no período Azuchi-Momoyama (1573 até 1603) e há registro de 60 tipos diferentes. Há máscara para cada tipo de personagem, mas é comum o ator principal escolher a máscara mais adequada para sua função.

koomote04
Ko-omote, uma das máscaras femininas

 

As máscaras são esculpidas de tal forma que o real e o fantástico são engenhosamente combinados para produzir uma beleza sutil. Dependendo do movimento do ator e do ângulo que se dá à máscara, ela pode expressar feições diferentes no palco.

 

Aka-hannya, um dos personagens demoníacos.
Aka-hannya, um dos personagens demoníacos.

Universo Nô e Kyoguen: espetáculo em homenagem aos 120 anos do tratado de amizade Brasil-Japão. Clique na imagem e saiba tudo sobre o espetáculo.

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Veja neste video, um pouco sobre o significado das máscaras do Teatro Nô.

 

Artesão de máscaras de Nô: tradição secular.
Artesão de máscaras de Nô: tradição secular.
0Shares