Uniqlo: o fenômeno

Enorme fila no dia da inauguração da nova loja da Uniqlo, em Ginza. Nem a chuva atrapalhou. Clique na foto na aumentar e sentir melhor a fila. Foto: Jo Takahashi 

O dia 16 de Março agitou Ginza. Eram duas filas enormes: uma na Apple Store, com uma multidão querendo arrematar o IPad 3, na primeira hora do dia do lançamento, às 10 horas da manhã. E a outra fila, no quarteirão do lado, para a inauguração da maior loja da Uniqlo (com 5 mil metros quadrados no metro quadrado mais valorizado do planeta) o maior fenômeno do comércio varejista de roupas do Japão, e que hoje já tem lojas nos Estados Unidos e na Europa. São 793 lojas só no Japão e 175 no mundo.

Roupas de qualidade por preços inacredtáveis

Mas afinal, qual é o segredo do sucesso da Uniqlo? Roupas de ótima qualidade, com preços inacreditáveis. Algumas, inclusive, assinadas por estilistas famosos. Quem não gostaria de ter 10 pares de meias coloridas e stylish, por R$ 20,00? Calças com ótimo caimento, camisas sociais, com padrões diferentes e cores sofisticadas, por também R$ 20,00? Blusas com padronagem da estação e cores inspiradas e tecidos de ótima qualidade, por R$ 15,00. E para o frio, os imbatíveis Heatech, conjunto de segunda pele de tecido tecnológico, finíssimas e que aquecem o corpo todo sem provocar aparência de inchaço, especialmente desenvolvidos para a  Uniqlo. Neste último inverno, é bem provável que 100% da população japonesa vestia Heatech por baixo, dispensando pesados casacões.

Presidente Tadashi Yanai: fenômeno empresarial do século 21

A Uniqlo é maior caso de sucesso empresarial do Japão das últimas décadas. Em 28 anos, a partir de uma pequena loja em Hiroshima, a Uniqlo se tornou uma das maiores redes de roupas da Ásia e uma das maiores do mundo. Esse crescimento vertiginoso tornou o dono, Tadashi Yanai, o homem mais rico do Japão. A receita do sucesso dele pode ser definida como “moda para o povo”. Hoje é possível encontrar uma lojinha da Uniqlo em pequenos vilarejos e estações de trem, e até debaixo da ponte, como em Yurakucho, a poucas quadras da nova loja em Ginza. O acesso a roupas de grife e de qualidade é a chave do sucesso.

E agora a grande novidade: o presidente da Uniqlo, Tadashi Yanai, anunciou a abertura da primeira loja da marca, ainda este ano, em São Paulo. O local escolhido: a avenida Paulista, que já tem uma pequena vocação para o varejo de roupas, que a Uniqlo certamente irá potencializar.

A nova flagship store da Uniqlo em Ginza: atendimento em quatro linguas, por todos os funcionários, é um dos diferenciais da loja que promete ser referência no mercado varejista de roupas.

 

 

0Shares