O Japão canta e toca Jobim

Antonio Carlos Jobim faria 90 anos no dia 25 de Janeiro de 2017. O maior dos compositores brasileiros é também muito conhecido no Japão. Suas músicas ainda hoje são referência para aqueles que gostam de música brasileira e não será difícil ouvi-lo não só em salas de concerto e clubes de jazz, mas até como música ambiente em hotéis e lojas de conveniência.

maxresdefault (1)

Jojoscope selecionou 6 músicas de Tom Jobim, interpretadas por artistas japoneses. Confere aí.

“O Amor em Paz”, com Ryuichi Sakamoto (piano), Paula Morelenbaum (voz) e Jaques Morelenbaum, numa apresentação em Tokyo em 2001. Este trabalho resultou no antológico CD “Casa”, gravado na residência de Tom Jobim.

 

Lisa Ono, considerada a melhor intérprete de bossa nova fora do Brasil, em show tributo a Tom Jobim.

Naomi (voz) e Goro Itoh (violão) interpretam “Garota de Ipanema”. Goro Itoh toca com Jaques Morelenbaum em maio, em Tokyo.

Mio Matsuda (voz) e Jyoji Sawada (baixo) com orquestra de cordas, em interpretação de “Estrada do Sol”.

E com sorte, você ainda pode se deparar com uma apresentação da Banda da Marinha Japonesa tocando “Desafinado”.

Aqui um grupo de artistas, que também lançou um CD em homenagem a Ryuichi Sakamoto,  apresenta este CD homenagem a Jobim. Tobeta Bajun, que também é o produtor convidou Cokiyu、
yuanyuan,  lycoriscoris, Ngatari e Graphitec Morphing.

02800-9

0Shares