1º Kikkoman Club: um start para o bom gosto

A Kikkoman, a mais conceituada marca de shoyu do Japão, traz para o Brasil uma tradição de mais de 300 anos. E vem numa boa hora, em que a gastronomia japonesa se consolida como uma das categorias que mais cresce no mercado brasileiro, como uma culinária leve, saborosa, sofisticada e visualmente atraente.

O shoyu é um tempero e um molho que está intimamente associado à feitura da culinária japonesa, e é quase a alma dessa cozinha. Mas o que a Kikkoman quer mostrar e provar é que o shoyu é um tempero versátil, e pode ser utilizado em outros tipos de culinária. O bom shoyu, aquele que tem fermentação natural, é suave e não agride as características dos alimentos. Por isso, ele complementa, realça o sabor natural dos ingredientes, mas nunca subtrai ou maqueia o alimento.

Para demonstrar esta qualidade, a Kikkoman Brasil convidou quatro chefs para prepararem seus pratos e servir para os cerca de 100 convidados que se reuniram na noite do dia 11 de Março, no Espaço Trivento, na Vila Olímpia, em São Paulo. Foi um grupo composto por formadores de opinião, profissionais da gastronomia, representantes de revistas especializadas e blogueiros. Alguns vieram de longe, como é o caso do grupo de chefs da cidade de Maringá, capitaneados pela engenheira Mary Cristina Fugou, gerente do Parque do Japão daquela cidade.

Produtos Kikkoman recebem os convidados no Espaço Trivento. À esquerda, o livro A Cor do Sabor: A Culinária Afetiva de Shin Koike, que foi patrocinado pela Kikkoman Brasil. E à direita, o incrível buquê de papel, no tom da marca Kikkoman, criado especialmente para o evento por Adriana Suzuki Origamis Especiais.
No centro da mesa, o kit Kikkoman, feito para este evento, para que os convidados experimentassem as diferenças entre os produtos à disposição.
Destaque para o porta guardanapo: um anel de papel com desenhos feitos a laser e um tsuru, na cor da marca, feito artesanalmente por Adriana Suzuki.

A noite foi aberta por Kazuya Mori, representante da Kikkoman L.O. Marketing Office e representante da marca no Brasil. O senhor Mori convocou a colaboração de todos, para que o shoyu Kikkoman seja tão conhecido aqui no Brasil, assim como nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia.

Kazuya Mori, representando a Kikkoman Brasil, dá as boas vindas aos convidados.
Em seguida, foi convidado para apresentar suas palavras, Marcelo Fernandes, o grande empresário da gastronomia, premiado pela Comer e Beber 2011 da Revista Veja São Paulo. Marcelo lembrou que no mesmo dia, há dois anos, acontecia o tsunami e o terremoto que atingiu a região nordeste do Japão. E para as vítimas da catástrofe, pediu um minuto de silêncio. Em seguida, foi feito um brinde para dar início às atividades da noite.
Marcelo Fernandes: um minuto de silêncio e depois um brinde para a abertura da noite

O primeiro chef que ocupou o palco foi o chef Marcelo Bonna. Com apenas 25 anos de idade, desponta como uma grande revelação no cenário gastronômico, como chef da Kinome Temakeria, no bairro de Moema. Para a noite, Marcelo propôs um ceviche, temperado com shoyu Kikkoman, e alho poró frito no topping.

Marcelo Bonna prepara o ceviche, temperado com limão, suco de laranja e shoyu Kikkoman e uma cobertura de alho poró frito.

O segundo chef da noite foi o chef Hideki Fuchikami, do Hideki Sushi, que gentilmente aceitou participar do evento, mesmo com o Restaurant Week correndo em sua casa da Rua Treze de Maio. Chef Hideki tem uma carreira extensa, com aperfeiçoamento no Japão, por dez anos, em restaurantes como o Suntory, em Tokyo e o Jube-Sushi, em Kyoto. Hideki pratica uma culinária clássica, com profundo respeito às receitas originais. Para a noite do Kikkoman Club, o chef Hideki preparou o seu famoso Tirashi Zushi, servido numa tigela. Com apresentação colorida e elegante, o chef Hideki mostrou que o segredo está no seu arroz bem temperado. Quer saber mesmo o segredo? Jojoscope, com exclusividade,  revela aqui.

Chef Hideki mostra o arroz do seu famoso Tirashizushi. À esquerda, o prato pronto e montado, apresentação impecável.

E os convidados que vieram de outras praças? Fernando Almeida Junior, Presidente da Abrasel de Minas Gerais e sócio proprietário da churrascaria Porcão de Belo Horizonte, foi convidado ao palco para anunciar sua parceria com a Kikkoman em Belo Horizonte, um mercado que vem crescendo no segmento gourmet. Afinal, a boa e tradicional cozinha mineira dá toda sustentação para que este mercado cresça cada vez mais, e a Kikkoman está conseguindo marcar firme presença por lá.

Fernando Almeida Junior, responsável por introduzir a marca Kikkoman no mercado mineiro, justifica sua escolha.

O próximo chef chamado foi Ricardo Pellegrino da Costa, que comanda a cozinha do Inside Grill and Salad. Com 25 anos, é formado em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi. Apesar da pouca idade, já foi Cozinheiro no Restaurante 3 estrelas do guia Michelin, Martin Berasategui em  San Sebastian na Espanha. Também estagiou no D.O.M., com Alex Atalla e foi sócio e chef do Bar. Ricardo apresentou um bife de chorizo na chapa, previamente marinado com shoyu Kikkoman.

Ricardo Pelegrini dá os retoques no seu bife de chorizo ao molho Kikkoman.

Quebrando a sequência gastronômica, uma atração não menos saborosa. O show de mágica de Meiry Kamia deu o que falar. Meiry é conhecida por suas constantes aparições na TV, especialmente nos noticiários da Rede Globo, falando sobre relacionamento empresarial. Não é à toa. Meiry é psicóloga, mestre em administração de empresas, consultora organizacional e docente em MBA Executivo de Gestão de Pessoas. Ela usa a mágica como ferramenta para despertar a atenção do público. Em sua palestra-show, Meiry falou dos conceitos que norteiam a filosofia empresarial da Kikkoman, ilustrando com passes de mágica e ilusionismo. Quem quiser saber mais sobre a Meiry, clique aqui.

Meiry Kamia, testando a lâmina de sua guilhotina, com o braço da saquê-sommelier Yasmin Yonashiro.

Antes de ser convidada a próxima atração gastronômica, foi convidado ao palco para usar o microfone o chef três estrelas, Tsuyoshi Murakami, que assina o cardápio do premiado Restaurante Kinoshita, eleito por três anos consecutivos o Melhor Japonês pela Comer e Beber da Revista Veja São Paulo. Murakami surpreendeu, soltando a voz com um “My Way”, primeiro numa versão samba-jazz, passando depois para um deep-jazz.

Murakami soltando a voz. My Way na veia.

E para finalizar as degustações, foi chamada a chef revelação Ligia Karazawa, do Restaurante Clos de Tapas, eleito melhor Espanhol em 2012. Ligia Karazawa é formada em Hotelaria pelo Senac, mas apaixonada pela gastronomia, viajou para Barcelona, onde se formou na escola Arnadi-Hoffman. E aí surgiram oportunidades para trabalhar com o mundialmente renomado Ferrán Adrià, e um estágio no lendário El Bulli.  Em 2001, Ligia consegue ser aceita na brigada do prestigiado Can Fabes do chef Santi Santamaria. Também trabalhou no Mugáritz, terceiro melhor restaurante do mundo, e também no Casa Marcial, do chef Nacho Manzano. E como se tudo isso não bastasse ainda encontrou tempo para trabalhar no Celler de Can Roca, considerado o segundo melhor restaurante do mundo. Foi então convidado por Marcelo Fernandes, para abrir o Clos de Tapas em São Paulo, considerado também um dos restaurantes mais bonitos da cidade, com projeto do arquiteto Naoki Otake. Veja aqui e aqui reportagem Jojoscope sobre o Clos de Tapas.

Das receitas apresentadas na noite, esta sobremesa foi o prato mais original, pois foi elaborado especialmente para o evento Kikkoman Club. O desafio era enorme: utilizar o shoyu Kikkoman, tradicionalmente usado para receitas salgadas, para uma sobremesa doce. Para Ligia veio logo à cabeça, o moti (bolinho de arroz), com shoyu e açúcar, um lanche muito conhecido nas famílias tradicionais japonesas. Mas ela não queria ficar nesse trivial. Foi compondo o seu “Jardim Zen”, com o mesmo espírito lúdico que norteia suas criações no cardápio do Clos de Tapas. Com alquimias quase mágicas, Ligia criou uma sobremesa complexa, de intensa densidade e uma riqueza de sabores, que provocou suspiros dos participantes. A receita ela ainda não divulgou mas, pelo que foi revelado, entram na composição do Jardim Zen: gelatina e caramelo de shoyu, purê de abóbora, compota de laranja amarga, creme de chá verde, flores comestíveis, biscoito, cremoso de chocolate e shoyu less salt, creme de pistache e chocolate branco e uma mousse de chá verde.

Jardim Zen: uma sobremesa zen de muitas camadas saborosas, criação da chef Ligia Karazawa especialmente para o Kikkoman Club.

E por fim, o público participou de um sorteio, com brindes oferecidos pela Zendai, Special Food Service e Kikkoman.

O produtor cultural Jo Takahashi encerrou a noite, lembrando que 11 de Março é uma data que ficará para a história. Provocou a comoção do mundo inteiro, com o tsunami e o terremoto na região nordeste do Japão em 2011. A data é lembrada no ano seguinte, como um marco para a reconstrução. E nessa noite que a Kikkoman Brasil lança oficialmente seu primeiro grande evento, a data é comemorada com a entrada de uma nova marca, que traz não só produtos da melhor qualidade, mas a chegada de uma tradição e uma cultura gastronômica secular que certamente irão revolucionar o gosto e o prazer da boa comida.

Jo Takahashi: o que está chegando não é só mais um produto. É uma tradição e uma cultura de mais de 300 anos.
Todos os chefs reunidos, acolhidos por Kazuya Mori (esq) e Toshihiro Nagashima (dir) , coordenador estratégico da Kikkoman, que veio especialmente da Matriz em Tokyo.
Claudia Nakazato conduziu com eficiência e elegância, as três horas deste evento gastronômico ímpar.

Flashes da noite. Clique nas imagens para ampliar. Todas as fotos desta matéria: Tatewaki Nio para Kikkoman.

Adriana Suzuki, a criadora dos belíssimos buquês de papel que ornamentaram o salão.
Delegação de Maringá, chefiada por Mary Cristina Fugou: os chefs Andre Stein, Mario Henrique Scheidt, Luiz Uema e Bruno Leonardo Marangoni
Zendai presente no evento: Eduardo Katsuragawa e Alberto Koga. Com Toshihiro Nagashima (esq) e Mizue Mori (dir)
Vanessa Rocha Rego, assessora do chef Hideki Fuchikami, sendo recebida pelo casal Mori
José Fernando de Almeida Junior e Rafaela Kayser Nejm, direto de Belo Horizonte para o Kikkoman Club.
Leonardo Penido Barreto e Mariana Martini também vieram de Belo Horizonte, e foram recebidos por Toshihiro Nagashima.
Da esq para a direita: Adriana Suzuki, Masakazu Shoji e Marina Shoji da Editora JBC, Clarice Fabricanti da Editora Melhoramentos, Karin Kimura e Rafael Salvador da Editora JBC
Sonia Yamane e Yasmin Yonashiro, da Haru Consultoria em Saquê são recebidos por Toshihiro Nagashima e Mizue Mori
Eunice e Paulo Yokota
Masakazu Shoji troca figurinha com Marcelo Fernandes. Ao fundo, Raul Takaki.
Marcelo Aebi, do Special Food e proprietário do Inside Grill & Salad, com Luciana Coimbra.
Jo Takahashi, chef Ligia Karazawa e Marcelo Fernandes
Sorteio, com a Zendai.
Marcelo Aebi entrega o prêmio Special Food para Vanêssa Rocha Rego
Ganhador do prêmio Kikkoman fatura uma TV 3D
Chefs reunidos com a cúpula da Kikkoman.

 

Produção reunida !
0Shares